ONG Rio Pardo Vivo Participa de Congresso Ambiental no Tribunal Regional da Justiça Federal

A Convite do Tribunal Regional Federal 3º Região SP/MS, através da Dra. Des Federal Consuelo Yoschida e da Juíza Federal de Ourinhos Dra. Elidia Aparecida Andrade Correia, a Ong Rio Pardo Vivo foi convidada a participar do 1º Congresso Ambiental Portuário realizado pela Escola de Magistrados Federais nos dias 23 e 24 de junho na capital. No congresso a Rio Pardo Vivo representou a Sociedade Civil na mesa de debates com o tema: “Impactos de hidrelétricas e PCHs em rios e bacias hidrográficas da região Centro-Oeste”.

Neste evento a rio Pardo Vivo demonstrou através de vídeo e fala as consequências ambientais, sociais e econômicas quanto no desmatamento da construção de uma PCH no rio Pardo na cidade de Águas de Sta Barbara e a luta pela preservação da bacia do rio Pardo e o sucesso no cancelamento de várias hidrelétricas no rio Pardo, ações estas destacadas com ênfase por os presentes da mesa e plateia.

Participaram da mesa Procuradores da República, Juízes Federais, Advogados, Especialistas da área técnica ambiental:
Dra Elidia Ap. And Correia, Juiza Federal de Ourinhos
Luis Eduardo Marrocos de Arajo, Procurador da República em Santos
Marcel Simões, Procurador Federal Regional do Ibama
Claudio Gonçalves Tiago, Centro de Biologia Marinha da USP
Marcos Lopes Couto, Advogado ex membro do Consema
Tito Livio Seabra, Procurador Federal em Presidente Prudente
Luis Roberto Gomes, Procurador Federal em Presidente Prudente
Luiz Carlos Cavalchuki, Presidente da Ong

participantes[1]foto 1 foto 4(1)
Rio Pardo Vivo

 

I Congresso de Direito Ambiental, Agrário, Minerário e Portuário da Justiça Federal da 3ª Região

1_ Congresso DIREITO AMBIENTAL AGRARIO E PORTUARIO - cartaz 13 06 2016

Clique aqui para ler o prospecto completo do evento

Rio Pardo Vivo planta 1.500 mudas de árvores nativas

Em comemoração pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, 1.500 mudas de árvores nativas serão plantadas no município de Santa Cruz do Rio Pardo as margens do Rio Pardo, ribeirão São Domingos e diversas nascentes em propriedades rurais. O projeto ambiental tem como finalidade proteger os recursos hídricos e seus ecossistemas.

Confira as fotos no Facebook: http://www.facebook.com/RioPardoVivo/photos/?tab=album&album_id=1122846137788666

Foi realizada na tarde desta sexta, 18 de março, a soltura de 100 mil peixes no Rio Pardo

A ação da Ong Rio Pardo Vivo foi feita para comemorar o Dia Mundial da Água (22) e o Dia do Rio Pardo (27), em parceria com a Duke Energy, Sabesp, Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo.

Mais de 300 alunos das escolas municipais, estaduais e particulares da cidade estiverem presentes. Também estiveram presentes autoridades ambientais e o Tiro de Guerra. Eles participaram de palestras e depois da soltura de 100 mil peixes, cedidos pela Duke.

O presidente da ONG Rio Pardo Vivo e técnico de Gestão da Sabesp, Luiz Carlos Cavalchuki, comentou que a parceria na realização do evento “reforça o compromisso ambiental de preservação do Rio Pardo para futuras gerações”.

Confira as fotos no Facebook: http://www.facebook.com/media/set/?set=a.1062762307130383.1073741833.149962158410407

Dia Mundial da Água e dia do Rio Pardo

panfleto_dia mundial agua 2016

Rio Pardo Vivo participa da FENESC 2016

Durante seis dias de festas no mês de Janeiro cerca de 5.000 pessoas esteve visitando o stand da Rio Pardo Vivo na Feira de Negócios de Santa Cruz do Rio Pardo, onde as pessoas puderam conferir através de painéis, vídeos, folders e réplica do rio Pardo os trabalhos e projetos ambientais desenvolvido pela organização.

500 mudas de árvores para calçamento público foram doadas em parcerias com a Secretaria de Meio Ambiente.

A participação da Ong no evento contou com apoio de empresas, Associação Comercial e Secretaria de Meio Ambiente.

_MG_5380 _MG_5394

Veja mais fotos no Facebook: https://www.facebook.com/RioPardoVivo/posts/1036855166387764