Devastação ambiental no Rio Pardo

Mais de 70 hectares de mata nativa, no total de 250 está sendo sumariamente arrancadas das margens do Rio Pardo na cidade de Águas de Santa Barbara, por conta da construção de uma hidrelétrica.

Danos irreversíveis, sociais, econômicos, e sobretudo ao meio ambiente, estão prestes a acontecer. Uma ação civil pública deverá ser impetrada a pedido do Ministério Público de Cerqueira Cesar, movimentada pela ONG Rio Pardo Vivo, para que a empresa e os órgãos licenciadores respondam as inúmeras condicionantes listadas na forma da lei.















  • Rio Pardo Vivo

  • Categorias

  • Arquivo do site